Postagens

Dilemas

Imagem
Trago pensamentos avessos, travessos, que podem ser desfeitos sem o menor esforço.

Escrevi essa frase acima sem a menor preocupação do que poderia realmente significar. O que sei e que está me fazendo pensar muito na vida é a quantidade de oportunidades que existem hoje e que eu vejo as pessoas (inclusive eu) deixarem passar como se fosse um vislumbre do futuro inalcançável.

Veja bem que disse inalcançável.

Essa palavra está aí porque muitas vezes acreditamos que não somos aptos para tentar, buscar algo muito menor não para a nossa glória pessoal, mas para a glória de Deus.

Mas, Diva, você está dizendo em buscar oportunidades, que te elevarão em um certo sentido! Sim, mas podemos usar essa "elevação" e nos sentirmos melhor que os outros, trocar a nossa personalidade e virar um pé no saco ou continuar sendo a mesma pessoa, sabendo que aquilo tudo aconteceu porque Aba permitiu, e é muito mais importante que qualquer sentimento de sucesso e superioridade que possa existir.

Exist…

A importância do que fazemos em secreto

Imagem
Artigo de Derek Thomas.
De acordo com Jesus, o que fazemos em secreto é o que mais importa. Jesus não está sugerindo que o exterior não é importante - longe disso.
De que adianta, meus irmãos, alguém dizer que tem fé, se não tem obras? Acaso a fé pode salvá-lo?
Tiago 2:14 Dar "em secreto... e seu Pai que vê em secreto te recompensará" (Mateus 6:4);
Orar "em secreto... e seu Pai que vê em secreto te recompensará" (Mateus 6:6);
Jejuar "em secreto... e seu Pai que vê em secreto te recompensará" (Mateus 6:18).

A resposta é enfaticamente não. Ainda assim, também é possível ter trabalhos externos mas sem a realidade interior. Nesse caso, a religião é uma pretensão. Seis vezes no Sermão da Montanha, aludindo aos três distintos exercícios, Jesus utiliza o termo secreto.

O Sermão da Montanha é endereçado à doença da autenticidade. Como é genuíno nosso relacionamento com o Senhor Jesus? É completamente possível praticar uma demonstração de bondade exterior - para c…

Confusão

Imagem
Existem alguns dias que estou me sentindo completamente estranha. Estou muito, mas muito sensitiva e, por causa disso, o ambiente no qual estou está me trazendo diversas sensações boas e ruins. O pior, não sei o motivo disso tudo. Será que consigo mesmo ver que existem algumas coisas bem erradas?

Esse não é um simples texto, mas um pouco da confusão que estou sentindo nesses dias. Ontem percebi que havia algo errado, hoje alguns começaram a se mostrar e não sei se acabou. Me pergunto se é para eu continuar exatamente no lugar que estou.

Sinto uma necessidade de mudança urgente. Algo que não estava aqui no início do ano. E essa necessidade está me matando. E meu medo é de tentar falar isso pra alguém e não me ouvirem, como se não fosse nada. Não sei o que fazer.

A única coisa que tenho conhecimento agora é que posso confiar no Pai porque sei que o que ele está fazendo é muito maior do que eu e das minhas vontades (mesmo que uma delas seja fugir, ir para outro lugar, ficar quietinha nu…

Amigos especiais

Imagem
Tive um aniversário e tanto. O melhor é que Deus consegue fazer todo o encontro ser muito especial. Vou explicar direitinho enquanto não tiro um sorrisão do rosto (que vai ficar pelo ano inteiro, se assim Deus permitir, hahaha).

Dia 30 de Jan foi meu aniversário. Fiz 20 e poucos anos e foi um dia normal como todos os outros, exceto que o ano de 2018 ressurgiu com um ar de esperança completamente renovado. Sinto isso, não sei o motivo (talvez porque ele já tenha começado bom).

Dia 31 é aniversário de uma menina linda linda que eu tive o prazer de discipular e chamar de amiga, irmã. Um aniversário tão perto e igualmente especial. Tantas coisas se passaram e a gente ainda tem a oportunidade de completar mais um ciclo, não é?

Pois bem. Haveria uma reunião se não fosse por uma festa surpresa bem no início dela. Fiquei tremendamente feliz e nem acreditei (e nem vi fantasmas, porque entendedores entenderão). Todo mundo lá, sorrindo comigo e eu me acabando de alegria, excitação e com lágrima…

Mother!, de Darren Aronofsky

Imagem
Atenção! Já vou deixar bem claro logo no início que vai ter spoiler durante o texto. A principal ideia desse tipo de postagem não é somente fazer uma “crítica” dos filmes, mas falar muito sobre a minha interpretação sobre eles. Então, normalmente, vai ter spoiler em muitos cantos (aviso-te).

Está aí um filme pra deixar muita gente com dúvidas sobre o que realmente Darren Aronofsky gostaria de mostrar. Li tantas interpretações possíveis, assisti a vídeos de críticas pra buscar entender a visão das pessoas sobre o conteúdo, procurei podcasts legais também. Fiz uma senhora pesquisa pra escrever esse texto.

Ah, as minhas principais fontes estão no final desse texto. Tem texto de crítica, tem vídeo do youtubeYou e tem podcast também.

Mother! é complexo e pra mim um dos melhores filmes de 2017. Isso se deve que, em meio a tantos filmes que precisam sim usar o cérebro, mas nem tanto, Mother! vem para trazer a imaginação do espectador ao limite, tentando buscar um sentido em tudo o que se pas…

Amando aqueles que nos odeiam

Imagem
Artigo de Dawn Camp
Nossas cabeças explodiram, nossos olhos se fecharam. Uma oração final e então uma escola de canto que nossa família cuida a cada verão teria um fim.

Mas eu estava assustada pelas palavras do ministro. Até porque, eu nunca havia escutado a frase “odeiam minha coragem” usadas na oração, muito menos em uma tão grande, assembleia pública.

“Senhor me ajude a amar aqueles que me odeiam, que odeiam minha coragem”.

Ali tem pessoas que me odeiam? Que odeiam minha coragem?

Eu seria inocente em pensar outra coisa. Fazer o comentário errado ou expressar a opinião errada no Facebook se você tem qualquer dúvida que aborrecedores irão odiar.

As palavras do pastor podem ter me pego de guarda baixa naquela vez, mas elas ficaram na minha cabeça e tenho pensado nelas por meses.

Não existe choro ou isso de colocar a culpa em alguém, sem “Eu sou uma pessoa decente, então porque elas me odeiam?” E ele não pediu por ajuda simplesmente para se manter afastado de pessoas que o odeiam de vo…

Seja verdadeiro consigo mesmo

Imagem
Artigo de Jon Bloom
Deus se encanta quando a verdade reina no nosso ser mais íntimo (Salmos 51:6).

Mas eu não estive sempre encantado na verdade. Eu certamente deveria, mas honestamente não. Algumas vezes me sentia buscando a verdade como se eu estivesse buscando o dentista, por exemplo. A verdade pode (ou talvez eu já sabia) expor alguma degradação. A degradação precisa ser mostrada. E quem quer isso?

Bem, se eu fosse sábio, eu deveria querer isso. Mas a sabedoria não é sempre a voz mais persuasiva na minha cabeça. Às vezes o orgulho é. E o meu orgulho é tudo menos sábio. Quando meu orgulho fala comigo, me encoraja a procurar meus próprios interesses acima dos interesses Deus. Mais arquitetado, meu orgulho prefere uma ilusão enganosa da autoavaliação, autoexaltação ou auto-proteção à exposição de Deus, humilhate, mas verdadeiramente misericordiosa e libertadora – o que é uma absoluta tolice, porque é preferível a destruição da minha maior alegria do que a busca da minha maior alegri…